Técnica “Shou Sugi Ban” de carbonização da madeira é tendência na decoração

 em Flash Decor

 

Janaina Macedo mostra técnica na Sala de Jantar 

 

 

 

 

As variações de cores trazidas com a queima da madeira é uma das tendências apontadas para este ano para o design de interiores. A técnica japonesa chamada “Shou Sugi Ban”, muito utilizada no Século 18, aparece em pleno segundo milênio com força total. É o caso do ambiente projetado por Janaina Macedo na Casa Cor Paraná que traz a carbonização como grande destaque na Sala de Jantar. Ainda pouco vista no Brasil, a técnica já se mostrou presente no iSaloni em Milão e começa a chegar ao mercado nacional nos revestimentos simulando os efeitos do Shou Sugi Ban.

“Meu projeto inicialmente previa uma mesa, com borda orgânica, em madeira natural. Porém queria muito que essa mesa fosse preta. Fui buscar o processo de ebanização que é o tingimento da madeira, sem perder os veios, que fica muito bonito. Na pesquisa, acabei tropeçando nessa técnica de carbonização que daria o efeito que eu queria por meio do fogo. Me encantou, pois é um processo em que você pode escolher a tonalidade. Conversei com o Ugo Guttierrez da Boulle e na hora eles toparam”, conta Janaina Macedo que é engenheira civil com especialização em arquitetura e iluminação.

Coincidentemente, logo que iniciou o desenvolvimento do projeto, Janaina observou em suas pesquisas que a tendência está muito forte fora do Brasil. “A técnica está amplamente explorada internacionalmente. No Brasil um pouco menos, mas já vemos chegando no mercado revestimentos cerâmicos e cimentícios reproduzindo os efeitos dessa técnica, a presença no Salão Internacional de Milão e no Pinterest é muito forte também”.

Para a Sala de Jantar, Janaina Macedo optou por deixar a madeira negra, antes do último grau que é a transformação em carvão.

Shou Sugi Ban

A carbonização foi usada por muitos anos para a proteção da madeira nos países orientais. Ela impermeabiliza e protege de insetos as peças que muitas vezes eram utilizadas nas áreas externas. A beleza de seu efeito e as múltiplas possibilidades de tonalização deu à técnica usabilidade na decoração. Um dos cuidados que deve ser tomado ao aplicar a técnica é o travamento da peça em madeira para que não empene durante a queima.

“Como o tampo de madeira da Sala de Jantar que desenhei é muito grande, a Boulle teve que fazer o travamento da base do tampo, para evitar que elas empenassem ao queimar. São várias etapas, e chegamos a esse resultado a partir de uma madeira bem clara. O bacana é que você não precisa trabalhar com madeira nobre. É possível trabalhar com uma madeira mais mole e obter o mesmo resultado”, finaliza a profissional.

A aplicação do “Shou Sugi Ban” é feita por meio de preparação da madeira com escova de aço, óleo e aplicação do fogo com maçarico até atingir a tonalidade desejada. O acabamento usualmente é feito com Polisten.

Sobre Janaina Macedo: Formada em engenharia civil pela UFPR e Master em arquitetura e iluminação, Janaina Macedo atua na concepção e execução de projetos arquitetônicos e de interiores.

Site: www.casacor.com.br/parana e www.janainamacedo.com.br
Facebook.com/janainamacedointeriores
Instagram.com/janinamacedointeriore

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário