BASEADO NO BEST-SELLER DE THALITA REBOUÇAS, LONGA TEM LANÇAMENTO OFICIAL MARCADO PARA 28 DE DEZEMBRO

O dia de Natal será de novidades no cinema brasileiro. Novo filme da atriz Ingrid Guimarães, estrelado também pela estrela teen Larissa Manoela, “Fala Sério, Mãe!” poderá ser visto a partir do dia 25 de dezembro em todas as capitais do Brasil, em 516 telas. Três dias depois, em 28 de dezembro, a produção estreia oficialmente nas salas de todo o Brasil. Baseado no livro de Thalita Rebouças e dirigida por Pedro Vasconcelos, a comédia tem roteiro assinado por Ingrid Guimarães, Paulo Cursino e Dostoiewski Champagnate e participações especiais de Paulo Gustavo e Fábio Jr. No elenco, estão ainda Marcelo Laham (Armando), João Guilherme Avila (Nando) e Cristina Pereira (Dona Fátima). A produção é da Camisa Listrada, coprodução da Fox International Productions, Telecine, Globo Filmes e Focus Entretenimento, e distribuição da Downtown Filmes/Paris Filmes.

O longa é narrado sob o ponto de vista das duas personagens e aborda as principais dificuldades da maternidade nos primeiros anos de vida de Malu, o primeiro dia na escola, as amizades, as descobertas amorosas, os problemas familiares, as queixas e frustrações de Ângela Cristina e a rebeldia e o sentimento de opressão vividos por Malu. Com doses de humor e emoção, a trama retrata como a relação mãe x filha pode se inverter ao longo dos anos. Malu, que antes era uma criança indefesa e que necessitava de cuidados, quando cresce mostra seu lado protetor e amigo por Ângela Cristina, que revela uma faceta mais vulnerável.

 

Sinopse

Que ser mãe é padecer no paraíso todo mundo está cansado de ouvir. Mas… e os filhos? Será que eles também não sofrem sua dose de martírio nessa relação? Em “Fala Sério, Mãe!”, Angela Cristina (Ingrid Guimarães) e Malu (Larissa Manoela) vivem juntas esse aprendizado. Malu quer fazer tudo do seu jeito, enquanto a mãe não perde uma oportunidade de pagar mico. Mas Angela diz que Malu “não é todo mundo”, mesmo que as mães sejam todas iguais. Com muito humor, elas mostram que a relação mãe x filha vai do conflito à amizade, em uma intensa relação de cumplicidade. As habituais – e saudáveis – discordâncias entre mães e filhas são o ingrediente principal desse relato fiel e divertido da convivência, por vezes selvagem, entre criadora e criatura.

 

Elenco:

Ingrid Guimarães – Ângela Cristina

Larissa Manoela – Malu

Marcelo Laham – Armando

João Guilherme – Nando

Cristina Pereira – Dona Fátima

Participações especiais de Fábio Jr. e Paulo Gustavo

 

FICHA TÉCNICA

Diretor: Pedro Vasconcelos

Produção: André Carreira e Tuinho Schwartz

Roteiro: Ingrid Guimarães, Paulo Cursino e Dostoiewski Champagnate

Colaboração de roteiro: Thalita Rebouças e Pedro Vasconcelos

Baseado no livro de Thalita Rebouças

 

Sobre o diretor

Pedro Vasconcelos começou sua carreira como ator de teatro e televisão, mas atualmente é reconhecido por seus trabalhos como diretor de televisão e como autor e diretor de teatro. Entre os trabalhos realizados na TV Globo, destacam-se as minisséries “Hoje É Dia De Maria” e “A Teia” e as novelas “Alma Gêmea”,

“A Favorita” e “Paraíso”. Como diretor geral, Pedro realizou “Escrito nas Estrelas”, “Morde e Assopra”,“Amor Eterno Amor”, “Império” e “Além do Tempo”. No teatro, dirigiu e adaptou sucessos de bilheteria e público como “D’Artagnan e os Três Mosqueteiros” e “Dona Flor e Seus Dois Maridos”. Com essa montagem, recebeu três prêmios Qualidade do Ano de 2008, além de indicação ao Prêmio Shell de melhor diretor. Também no teatro, em parceria com a Twogether Teatro, assinou a direção dos sucessos “Tô Grávida”, “Verticalmente Prejudicado”, “Meu Passado Não Me Condena” e “O Grande Amor da Minha Vida”. No cinema, teve a sua estreia marcada como diretor com o filme “O Concurso”, que fez 1,3 milhão de espectadores. Recentemente, Pedro Vasconcelos dirigiu a novela “A Força do Querer”, de Glória Perez, e o filme “Dona Flor e Seus Dois Maridos”, que chegou aos cinemas em novembro com Juliana Paes, Marcelo Faria e Leandro Hassum. Agora, ele lança “Fala Sério, Mãe!”, baseado no livro homônimo de Thalita Rebouças.

 

Sobre os produtores

André Carreira começou a atuar no mercado audiovisual em 1997, tendo integrado a equipe de dezenas de produções cinematográficas. Desde 2001 é sócio da produtora Camisa Listrada, onde produziu longas como “5 Frações de Uma Quase História”, “Mão na Luva”, “O Candidato Honesto”, “Um Suburbano Sortudo” e “O Menino no Espelho”, do qual é também corroteirista. Como diretor, realizou os curtas “Oxicianureto de Mercúrio” e “Contrato com a Sorte”, que circularam em diversos festivais pelo Brasil.
Tuinho Schwartz atua no mercado audiovisual desde 1980, tendo passado por diversas funções no cinema, nas áreas de produção e direção. Ao todo, trabalhou em  mais de 300 projetos audiovisuais, entre eles, mais de 50 filmes de longa metragem. Produtor executivo de filmes como “Bossa Nova” e “O que é isso, companheiro”, de Bruno Barreto; “For All”, de Luiz Carlos Lacerda e Buza Ferraz, e “Amélia”, de Ana Carolina. Esteve em projetos com diretores como John Boorman, Tony Scott e atores como Demi Moore, Denis Hooper e Gérard Depardieu.

 

Sobre a Camisa Listrada

A Camisa Listrada, desde 2000, produz séries de TV, documentários e longas, como “O Candidato Honesto”, maior bilheteria entre os filmes lançados em 2014, com mais de 2,3 milhões de espectadores nos cinemas; “Um Suburbano Sortudo” com Rodrigo Sant’Anna que ultrapassou 1 milhão de espectadores; e “O Menino no Espelho” (2014) com Mateus Solano e Regiane Alves, comercializado para mais de 15 países e exibido em mais de 30 festivais ao redor do mundo. Atualmente é uma das produtoras mais atuantes no mercado cinematográfico brasileiro, com vários títulos a serem lançados nos próximos meses. Entre os novos projetos, destacam-se “O Candidato Honesto 2”, filmado em outubro, e “Mussum, o filmis”, previsto para filmar no segundo semestre de 2018. Mais informações no site www.camisalistrada.com.br.

 

Sobre a FOX

A Fox International Productions é a divisão da Twentieth Century Fox voltada para o financiamento e aquisição de títulos em língua estrangeira. No Brasil, em mais de 15 anos investindo em filmes nacionais, a Fox coproduziu inúmeros longas-metragens entre os quais os mais recentes: “Lino”, “O Vendedor de Sonhos”, “Em Nome da Lei”, “Linda de Morrer” e outros sucessos como ‘Somos Tão Jovens”, “Nosso Lar”, “Copa de Elite”, “Assalto ao Banco Central”, “Ensaio Sobre a Cegueira”, “Se Eu Fosse Você 1 e 2”, entre outros. Os próximos lançamentos serão “Os Parças” e “Fala Sério, Mãe!”, distribuídos pela Downtown Paris e “Não Se Aceitam Devoluções” em 2018 distribuído pela Fox Film do Brasil.

 

Sobre a Rede Telecine

Joint-venture entre a Globosat e os quatro maiores estúdios de Hollywood – Paramount, MGM, Universal e Fox –, a Rede Telecine também exibe com exclusividade as produções da Disney e sucessos do mercado independente. O melhor do cinema mundial estreia na TV brasileira através da Rede Telecine cada vez mais rápido.

Para investir cada vez mais na produção cinematográfica nacional, a Rede Telecine lançou em 2008 o Telecine Productions, selo de coprodução de títulos em parceria com grandes produtoras brasileiras. Além de estimular a criação de novos filmes, o Telecine garante a exibição desses títulos com exclusividade em suas diferentes plataformas.

Em 2016, o Telecine foi o mais lembrado entre todos os canais da TV por assinatura, categoria na qual é líder isolado pelo terceiro ano consecutivo conquistando na pesquisa Top of Mind do Datafolha. Na de canais de filmes, a Rede mantém a liderança desde 2007 ¹. O Telecine é o canal fundamental na manutenção da TV por Assinatura2 e, neste ano, tem em sua programação oito dos 10 filmes mais vistos pelo público brasileiro em 2016³.

FONTES:

¹ – Top Of Mind 2016 – Datafolha – Perguntas: “Quando você pensa em CANAIS DE TV POR ASSINATURA, qual o primeiro canal que lhe vem à cabeça?” e “Quando você pensa em CANAIS DE FILMES POR ASSINATURA por assinatura, qual o primeiro canal que lhe vem à cabeça?”

²   – 21ª Pay TV Pop – Ibope – Assinantes com mais de 10 anos. 13 Mercados

³ – Ibope. Brasil. Estreias de 2016. Público Acumulado

 

Sobre a Globo Filmes

Desde 1998, a Globo Filmes já participou de mais de 200 filmes, levando ao público o que há de melhor no cinema brasileiro. Com a missão de contribuir para o fortalecimento da indústria audiovisual nacional, a filmografia contempla vários gêneros, como comédias, infantis, romances, documentários, dramas e aventuras, apostando na diversidade e em obras que valorizam a cultura brasileira. A Globo Filmes participou de alguns dos maiores sucessos de público e de crítica como, “Tropa de Elite 2”, “Minha Mãe é uma Peça 2” – com mais de 9 milhões de espectadores -, “Se Eu Fosse Você 2”, “2 Filhos de Francisco”, “Aquarius”, “Que Horas Ela Volta?”, “O Palhaço”, “Getúlio”, “Carandiru” e “Cidade de Deus” – com quatro indicações ao Oscar. Suas atividades se baseiam em uma associação de excelência com produtores independentes e distribuidores nacionais e internacionais.

 

Sobre a Focus Entretenimento

A Focus Entretenimento, fundada por Tuinho Schwartz em 2002, criou grande expertise em serviços para produções internacionais, realizadas no Brasil, trabalhando para clientes como as produtoras Ridley Scott Associates (US e UK), Believemedia e Villains (US), Bikini Films (UK), Mandarin Cinema (FR) e a tradicional  Pathé Films (FR); canais de TV como a BBC, ABC TV, France 2 e 3 e Endemol (BR, FR e IT); agências de publicidade internacionais como AMV BBDO, Arnold Worldwide, BBH, Deutsch, Hakuhodo, J.W.Thompson, McCann Erickson, Ogilvy, Publicis, Saatchi & Saatchi e Wieden & Kennedy.

A Focus foi parceira e produtora executiva no Brasil do filme OSS 117, RIO NE RÈPOND PLUS, de Michel Hazanavicius, com Jean Dujardin e produziu longas de ficção e documentários de longa metragem, entre eles A LUNETA DO TEMPO, longa de ficção escrito e dirigido por Alceu Valença e o premiado documentário CONDOR, de Roberto Mader.

 

Sobre a Downtown Filmes         

Fundada em 2006, a Downtown Filmes é a única distribuidora dedicada exclusivamente ao cinema brasileiro.

Desde 2011, ocupa a posição da distribuidora número 1 no ranking de filmes nacionais. De 2013 até hoje, vendeu mais de 50% de todos os ingressos de filmes brasileiros lançados.

Até novembro de 2017, a Downtown Filmes lançou 104 longas nacionais, que acumularam mais de 100 milhões de ingressos.

Os destaques do lineup deste ano são: “Polícia Federal – A lei é Para Todos”, “Dona Flor e Seus Dois Maridos”, e “Fala Sério, Mãe!”.

Entre os maiores sucessos da distribuidora estão “Minha Mãe É Uma Peça” e “Minha Mãe É Uma Peça 2”, estrelados por Paulo Gustavo; “De Pernas Pro Ar”, “De Pernas Pro Ar 2” e “Loucas Pra Casar”, com Ingrid Guimarães; ”O Candidato Honesto” com Leandro Hassum; “Chico Xavier” e “Elis”.

Para 2018, o lineup da Downtown conta com 15 títulos, entre eles “O Doutrinador”, adaptação da série de quadrinhos de mesmo nome, “O Candidato Honesto 2” e “O Palestrante Motivacional” estrelado por Fabio Porchat.

 

Sobre a Paris Filmes 

A Paris Filmes é uma empresa brasileira que atua no mercado de distribuição e produção de filmes, primando pela alta qualidade cinematográfica. Além de ter distribuído grandes sucessos mundiais, como o premiado “O Lado Bom da Vida”, que rendeu o Globo de Ouro® e o Oscar® de Melhor Atriz a Jennifer Lawrence em 2013 e “Meia-Noite em Paris”, que fez no Brasil a maior bilheteria de um filme de Woody Allen, a distribuidora tem também em sua carteira os maiores sucessos do cinema nacional, como as franquias “De Pernas Pro Ar” e “Até Que a Sorte nos Separe”. Nos últimos anos, a Paris lançou o vencedor do Grande Prêmio do Júri em Cannes 2013, “Inside Llewyn Davis – Balada de um Homem Comum”, dos irmãos Coen; o aclamado “O Lobo de Wall Street”, de Martin Scorsese, “Mapas Para as Estrelas”, de David Cronenberg (Melhor Atriz no Festival de Cannes – Julianne Moore); a primeira adaptação animada da obra-prima de Antoine de Saint-Exupéry, “O Pequeno Príncipe”; e as continuações A Série Divergente: “Insurgente” e o esperado final de Jogos Vorazes em “A Esperança – O Final”. Em 2016, os indicados ao Oscar® “Brooklin” e “O Lobo do Deserto”; o terceiro capítulo da série Divergente, “Convergente”, “Truque de Mestre – O 2º Ato” e sucessos do cinema argentino como “Kóblic”, com Ricardo Darín, foram os grandes destaques; assim como a biografia do lutador José Aldo em “Mais Forte Que o Mundo”. Produzidos pela Paris Entretenimento, há ainda “Um Namorado Para Minha Mulher” e “Carrossel 2 – O Sumiço de Maria Joaquina”. Em 2017, a empresa está à frente de lançamentos como “La La Land – Cantando Estações”, grande vencedor da 74ª edição do Globo de Ouro, com 7 estatuetas incluindo Melhor Filme de Comédia ou Musical, “Power Rangers”, “Internet – O Filme”, “A Cabana”, “Meus 15 Anos”, entre outros.

RIO DE JANEIRO/RJ.

Recommended Posts

Leave a Comment