Grué lança cardápio de inverno

 Chef  Augusto Lustosa e Polyana Rodrigues

Grué lança cardápio de inverno e inclui salgados entre as opções

Chocolateria no Juvevê é ótima dica para lanches cheios de história e sabor

 

As delícias à base de chocolate belga da Grué Chocolateria vão ganhar companhia no cardápio da simpática casa estilo europeu no bairro Juvevê. Como num conto de fadas gourmet, a chocolatier Polyana Rodrigues se uniu ao chef de cozinha Augusto Lustosa, para oferecer o melhor dos dois mundos no mesmo endereço. Doces e salgados misturam a tradição das receitas de família com técnicas e sabores da cozinha contemporânea.  E para completar, um ambiente aconchegante, em estilo provençal, ideal para uma refeição com a família e os amigos.

São três opções de sanduíches de croissant (lombo canadense com figo e amêndoa/ linguiça Blumenau com queijo Minas e alho poró e Parma com queijo coalho e rúcula)  e três opções de bruschettas (Pernil com broto de mostarda e parmesão / Caprese com mussarela de búfala, pesto e broto de rúcula e Caponata de berinjelas e pimentões). O tradicional Croque Monsier francês ganha o bechamel da casa. O chef Guto ressalta que tudo é feito com insumos de primeira qualidade e que os pratos não levam preparos industrializados. Um exemplo é o pernil usado na bruschetta que é saborizado e assado lentamente para depois ser salteado na frigideira. “Buscamos harmonizar sabores diferentes para trazer novidade para o paladar”, afirma ele.

 

Para lanches mais rápidos há a coxinha tradicional (de frango e frango com Catupiry), o pão de batata, quiches (Alho Poró, Cebola Caramelizada e Lorraine) e dois tipos de sopas (Abóbora com Provolone e Creme de Baroa com Crispie de Bacon).

 

As tortas e sobremesas são um capítulo a parte e Polyana faz questão de dar o toque de qualidade da Grué em receitas tradicionais como o Bolo de Chocolate feito com puro chocolate Belga e a Torta de Castanha com Damasco.

A casa reserva sempre algumas opções de bombons incluindo o doce que leva crisps de bacon caramelizado –, invenção da chocolatier e um best seller da Grué.

 

Além de doces e salgados, a Grué trabalha com uma carta de bebidas surpreendentemente saborosa, que inclui o Nutella Quente (chocolate quente à base de Nutella), Chocolate Quente de Frutas Vermelhas, Chocolate Quente Italiano e Chocolate Quente Belga. Todos têm o opcional de licor de cacau.

 

Um pouco de história

Grué é a palavra francesa que designa o grão de cacau torrado. A casa foi idealizada por Polyana, cuja primeira formação é o design. Um breve contato com o chocolate ainda na faculdade despertou na jovem a vontade de tornar o que era um hobby, profissão. “Cansei no design e comecei a investir em cursos e estágios. Foi quando percebi que era um negócio promissor”, conta. Em 2008, a Grué abriu as portas num pequeno espaço de 12 m2 na Avenida João Gualberto. Aos poucos, os sabores foram se sofisticando e com a especialização de Polyana na Chocalet Academy que fica dentro da Callebaut, em Wieze, uma das marcas mais importantes da Bélgica, veio o reconhecimento do público. Como parte da experiência, a introdução de mistura de sabores nada convencionais como roquefort, azeite de oliva e bacon. “Ainda não agrada 100%, mas sempre tem um ou outros sabor diferente para mexer com o paladar do cliente”, conta Polyana, que mantém uma pequena produção diária para deixar as vitrines com chocolates sempre fresquinhos.

 

A Grué Chocolateria tem capacidade para 40 pessoas sentadas confortavelmente em três salas, sendo que uma delas, com capacidade para 12 lugares, pode ser reservada para pequenos eventos.

Recommended Posts

Leave a Comment