Rádio Cultura reformula programação e aposta em pluralidade cultural para crescer

Tradicional emissora curitibana fundada em 1954 está com nova direção desde abril de 2017 e busca se consolidar antes da migração para o FM

Fundada em 14 de junho de 1954, a Rádio Cultura é uma das mais antigas emissoras da capital paranaense ainda em funcionamento. Operando na faixa dos 930 khz do AM, a rádio se consolidou ao longo dos seus 63 anos como um dos principais canais de cultura da grande Curitiba. Em abril deste ano, a emissora ganhou uma nova administração, sob direção do publicitário Maurício Betti e de Izabel Chimelli, focada em reforçar a pluralidade cultural da emissora.

A programação foi toda reformulada e reforçada com nomes como Marco Assef, Toni Casagrande, Uiliam Barbosa, Paulo Feijó, Mariane Antunes, Flávio Jacobsen, Oswaldo Rios, Daio Baroni e Ari Valdir. “Montamos nossa grade pensando em resgatar a essência e a originalidade da emissora, oferecendo cultura e informação para os nossos ouvintes”, afirma Betti. Artistas locais, programas religiosos, MPB, gauchesco e programas informativos compõe a programação da Rádio Cultura.

Com uma cobertura que atinge mais de 30 municípios da região metropolitana de Curitiba e potenciais 3 milhões de ouvintes, a emissora está buscando integrar tecnologias que facilitem o acesso à emissora. “Somos uma rádio tradicional, mas que está investindo em novas mídias, para interagir cada vez mais com os ouvintes. Mantemos o clássico contato telefônico, mas ampliamos a comunicação através do WhatsApp e Facebook. Além disso, lançamos uma web rádio, que pode ser ouvida tanto no site – que também foi reformulado – e no aplicativo para celular, que desenvolvemos para a Cultura”, ressalta o diretor.

Além disso, a rádio se prepara para uma mudança inevitável e polêmica: a migração para o FM. “É uma mudança que tem aspectos positivos e negativos. A qualidade do sinal vai melhorar bastante. No entanto, vamos perder em amplitude e ainda iremos entrar em uma faixa nova e desconhecida dos ouvintes. Estamos nos planejando para fazer isso da melhor maneira possível, de forma a garantir que os nossos ouvintes continuem escutando a Cultura”, destaca Betti.

Recent Posts

Leave a Comment